Home » Artigos do último trimestre

Artigos do último trimestre

Há uma nova estratégia dos EUA para a Síria?

Há uma nova estratégia dos EUA para a Síria? - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Com a decisão de atacar uma base síria, Trump ganha, sobretudo, na frente interna. Obtêm o apoio de republicanos e democratas que nunca se mostraram conformados com a inação do seu antecessor. Retira espaço político aos que têm insinuado que estaria refém de entendimentos com o regime russo, feitos por membros do seu círculo próximo ainda na campanha eleitoral e de uma forma que tentou escapar ao escrutínio político. Mas corre também riscos. O de tornar mais difícil o relacionamento com a Rússia e o de desapontar a corrente de opinião que está à espera que o ataque seja o sinal de uma nova estratégia que recupere a liderança regional, perdida para a Rússia.


 

 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

 

 

10/04/2017

O referendo na Turquia - 16 de abril

O referendo na Turquia - 16 de abril - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Poderá Erdogan voltar-se de novo para a Europa, uma vez atingidos os seus objetivos políticos pessoais? Não parece provável. O Presidente abriu, hoje mesmo, a possibilidade de organizar um referendo à continuação das conversações com a União Europeia para acesso da Turquia. Poderá a Europa facilitar o acesso, no caso pouco plausível de Ancara manter a intenção de adesão? Vai ser difícil, porque a Turquia está em franco afastamento do que a Europa considera valores inalienáveis.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

26/03/2017

Contrapeso litoral lusófono

Contrapeso litoral lusófono - Jornal de Defesa

Miguel Nunes da Silva


 

Colaborando com os Aliados durante a Segunda Guerra Mundial e depois integrando a NATO como membro fundador, Portugal esperava uma relação mais próxima com Washington D.C. do que Espanha, à semelhança do que acontecia com o Reino Unido. No entanto, no seu pragmatismo de híper potência, os Estados Unidos viriam a adicionar Espanha à aliança Atlântica e a desenvolver com esta uma ligação de maior proximidade.

Espanha, à semelhança da Itália e Turquia oferecem aos EUA não apenas os maiores mercados do Mediterrâneo, mas também o controlo dos estreitos estratégicos do mesmo mar. Precisamente porque o interesse nacional norte-americano pouca utilidade encontra para Portugal, não seria sensato fazer assentar as esperanças de cooperação próxima ao nível global com aquela potência. Assim, ao nível diplomático e tecnológico, qualquer almejo nacional parece mais bem investido numa relação cultivada com Paris.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

18/03/2017

Duas opções para lidar com a Coreia do Norte

Duas opções para lidar com a Coreia do Norte - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Não havendo solução no campo político-diplomático, aos EUA, basicamente, restam dois possíveis caminhos no campo militar. Manterem-se prontos para um ataque preemptivo, para levar a cabo na iminência de um ataque do regime coreano ou, em alternativa, optar por um ataque preventivo visando impedir a Coreia do Norte de concluir o seu programa nuclear.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

14/03/2017

Como ver hoje o problema da Coreia do Norte

Como ver hoje o problema da Coreia do Norte - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

A Coreia do Norte está perante um revés duro ao confrontar-se com a decisão da China suspender até ao final deste ano as importações de carvão, uma fonte de receita externa insubstituível. Em qualquer caso, é prematuro esperar que essa medida possa levá-la a alterar a sua postura beligerante. Tudo depende dos sinais adicionais que a China der. De momento, suspeita-se que possa apenas estar a ganhar tempo. A esperar para ver que caminho seguirá a administração Trump.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

05/03/2017

Vietname - Um ícone da guerra e uma lição da história

Vietname - Um ícone da guerra e uma lição da história - Jornal de Defesa

João Bargão dos Santos


 

“Erradicar o terrorismo à face da terra", não é só o desejo expresso da atual administração Americana. É um imperativo do mundo civilizado.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

03/03/2017

O ultimato

O ultimato - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Um maior investimento na Defesa por parte dos europeus, em que os EUA insistem, não é um fim em si mesmo para a atual administração Trump. O verdadeiro propósito é estratégico. Visa conseguir que a Europa assuma a responsabilidade primária pela segurança da sua área e que colabore ativamente com os EUA onde quer que estejam militarmente envolvidos. Um maior investimento dos europeus não garante deste objetivo. Apenas melhora a possibilidade material de ser concretizado. Satisfaz uma condição que é necessária mas que não é suficiente.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

21/02/2017

Os EUA num ponto de viragem estratégica

Os EUA num ponto de viragem estratégica - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

 

Se em maio, por ocasião da Cimeira da NATO a que Trump já garantiu querer comparecer, os europeus não se apresentarem prontos para discutir um relacionamento transatlântico mais equilibrado, a evolução da situação pode facilmente encaminhar-se para o desfecho que Barry Posen defende no seu último livro – o afastamento progressivo dos EUA da NATO, ficando a caber aos europeus decidir o que fazer com a Aliança: assumir o seu controlo e sustentação ou deixá-la cair.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

14/02/2017

Trump e a Europa

Trump e a Europa - Jornal de Defesa

Fernando Melo Gomes


 

Temo que venha a ser na Europa que o efeito Trump mais se faça sentir com gravíssimas consequências, porque é a ligação Europa–EUA nos domínios político, económico, financeiro e militar que tem sido a pedra de toque da ordem internacional formada no pós guerra.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

03/02/2017

O risco de rutura da atual ordem mundial

O risco de rutura da atual ordem mundial - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Já se tornou perfeitamente claro que Trump não vai contribuir para fazer perdurar, muito menos revigorar, o formato da atual ordem internacional liberal. É quanto basta para o alarme se manter. Na ausência do envolvimento dos EUA a atual ordem pode facilmente colapsar sem uma alternativa que permita manter a esperança na manutenção da tendência de redução dos conflitos no mundo que, com algumas oscilações, tem prevalecido desde o fim da Guerra Fria e de manutenção de um nível de estabilidade sem o qual não haverá crescimento económico.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

 

 

30/01/2017

A NATO e a administração Trump

A NATO e a administração Trump - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Ao contrário do que muitos pensam, o que diz Trump não são apenas ideias vindas de alguém sem formação em relações internacionais e, obviamente, com um défice de experiência e preparação para assumir as responsabilidades de líder da maior potência global. Trata-se de uma corrente de opinião que o tem apoiado e que vai ter agora a oportunidade de pôr em prática as suas ideias.

Nestas circunstâncias, em vez de se atacar o Presidente eleito – o que é fácil – melhor seria que os europeus se preparassem para responder aos desafios que irão enfrentar brevemente.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

15/01/2017

De novo e sempre as nossas Forças Armadas

De novo e sempre as nossas Forças Armadas - Jornal de Defesa

João Bargão dos Santos


 

Começam já a ser relevantes os escritos referindo-se à pequenez das nossas atuais FFAA, numa clara atribuição de responsabilidades ao poder politico e aos seus sucessivos ministros da defesa.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

06/01/2017

Que esperar de 2017

Que esperar de 2017 - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

A Europa, a somar à crise interna com que se debate há algum tempo, acaba por ficar na situação muito desconfortável de passar – ainda que involuntariamente – a alvo indireto da esperada política de Trump de procura de um entendimento com a Rússia e de negação da importância da NATO. Este novo quadro político, em formação, vai acrescentar à onda de descontentamento, que o processo de integração não tem evitado, um clima de incerteza que pode, de facto, gerar entre os eleitores europeus uma vontade de mudar mais forte do que o elementar cuidado de ponderar as suas implicações, como aconteceu com o “Brexit”.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

03/01/2017

A queda de Aleppo

A queda de Aleppo - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

A queda de Aleppo pode significar o fim do sonho da oposição de um dia vir a depor Assad pela força, mas a luta vai continuar, provavelmente com um papel maior dos radicais. Por mais alguns anos e com mais destruição. Assad manter-se-á enquanto Putin achar conveniente, mas a Rússia poderá não estar em condições de prolongar indefinidamente o apoio militar que tem dado, muito menos assegurar a ajuda financeira de que a Síria precisa para sobreviver e reconstruir o país. O Irão sozinho também não o conseguirá. A situação de Assad tornar-se-á, nessas circunstâncias, insustentável.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

19/12/2016

O empresário presidente

O empresário presidente - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

Embora quase nada se saiba sobre as linhas de orientação estratégica em política internacional da futura Presidência Trump, algum esclarecimento pode ser obtido das declarações sobre Cuba e do contacto telefónico que teve com o Presidente da Formosa, que são os dois mais recentes factos polémicos que criou. Ambos confirmam que o seu slogan “America First” é para ser levado à letra. Trump não vai querer manter a postura de “nação indispensável” que levou os EUA a assumirem quase sozinhos os custos de manutenção da atual ordem mundial, objetivo de que aliás, as anteriores administrações, depois de o enaltecerem e de se mostrarem orgulhosas, se vinham ultimamente afastando.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

09/12/2016

A Marinha em "banho-maria"?

A Marinha em "banho-maria"? - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

A divulgação pelo “Observador” e pelo “Expresso” da posição do Presidente da República dizendo que não quer ver a Marinha afastada do ciclo normal de rotação entre os três ramos para a nomeação para o cargo de CEMGFA não pode deixar de estar associada aos rumores de que o atual CEMGFA será reconduzido por mais dois anos. No entanto, a regra do limite de idade apenas lhe permitirá manter-se ao serviço por cerca de metade do tempo da recondução. Terão sido devidamente ponderadas as implicações desta medida?


 

Documento integral em formato pdf Aqui

 

04/12/2016

A justiça que temos e os militares

A justiça que temos e os militares - Jornal de Defesa

Fernando Melo Gomes


Considero que as averiguações em curso devem ser rapidamente conclusivas do que aconteceu. Se existiram erros, punam-se os culpados e corrijam-se os procedimentos, mas não se adjetivem as ações com termos que insultam uma Instituição centenária que esteve na génese do nosso Portugal e teve um papel único na restituição da democracia aos Portugueses. Uma Instituição que respeita a Constituição, cultiva a verdade, a justiça a lealdade e a camaradagem.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

29/11/2016

Trump na Casa Branca e o relacionamento transatlântico

Trump na Casa Branca e o relacionamento transatlântico - Jornal de Defesa

Alexandre Reis Rodrigues


 

A Europa, como a região do mundo com mais estreitas relações com os EUA nos mais variados campos e parceiro na construção da atual ordem mundial, será onde mais se sentirá o efeito Trump. O alarme, que é compreensivelmente grande, foi criado pelas declarações feitas durante a campanha, exigindo um maior esforço militar dos europeus e classificando a NATO como aliança obsoleta. Os seus primeiros atos como Presidente eleito apenas têm reforçado os receios. Resta ver se a Europa encara esta situação como um revés ou uma oportunidade para reduzir a insustentável dependência dos EUA no campo da segurança e defesa.


 

Documento integral em formato pdf Aqui

20/11/2016