Home » Fundadores e colaboradores

Fundadores e colaboradores

Fundador

Fundador - Jornal de Defesa

Vice-Almirante Alexandre Reis Rodrigues


 

O fundador deste site é o vice-almirante Reis Rodrigues, na situação de Reforma. Como oficial subalterno, serviu na Guiné-Bissau, no Destacamento nº7 de Fuzileiros Especiais. Os períodos de mar incluíram o comando do patrulha Cunene em Angola, a chefia do estado-maior e o comando de um Grupo Naval, o comando da fragata Roberto Ivens, num período de atribuição à Força Naval Permanente do Atlântico, da qual foi seguidamente chefe do respectivo estado-maior internacional e comandante.
Cargos em terra incluíram quatro anos na chefia da Divisão de Operações do Estado-Maior do então Comando Naval do Continente e cinco anos no Estado-Maior da Armada, primeiro na chefia da Divisão de Operações e depois na chefia da Divisão de Planeamento.
Em terra, como oficial-general, foi Superintendente dos Serviços de Material da Armada, Comandante Naval, Comandante do Quartel-General da NATO em Oeiras e comandante da EUROMARFOR, uma força naval incluindo navios da França, Itália, Espanha e Portugal. Concluiu a sua carreira na Marinha como Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada, após o que foi vice-presidente da Comissão de Relações Internacionais da Sociedade de Geografia de Lisboa, entre 2003 e 2007, vice presidente da Atlantic Treaty Association, entre 2003 e 2006, e secretário geral e depois vice presidente da Comissão Portuguesa do Atlântico entre 2001 e 2015.
Tem escrito sobre assuntos de defesa em jornais e revistas, proferido conferências e publicou os livros "Nos Meandros da Política de Defesa" (2002), "Defesa e Relações Internacionais" (2004), "Junho de 1998 - Bissau em Chamas" (co-autor) (2007) e "Planeamento militar por capacidades - Uma visão político-estratégica" (2015). É membro do Conselho Consultivo da Revista RI - Relações Internacionais, do Conselho Editorial da Revista Segurança e Defesa e do Conselho Científico do Centro de Investigação de Segurança e Defesa do IESM.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Tenente-General Eduardo Eugénio Silvestre dos Santos


O TGEN. PIL. AV. SILVESTRE DOS SANTOS, na situação de Reserva desde Dezembro de 2002, é colaborador regular da revista “Mais Alto”, da Força Aérea, desde 1984. Tendo concluído o curso de Aeronáutica da Academia Militar em 1964, fez uma comissão de serviço em Moçambique (Tete, 1969/71), foi 2.º Comandante do Comando Aéreo dos Açores, Chefe da 4.ª Divisão do EMFA e Comandante da Base Aérea n.º 1. Como oficial general, foi Chefe de Estado-Maior do Centro de Operações Conjunto do EMGFA, Inspector-Geral da Força Aérea e Juiz Vogal do Supremo Tribunal Militar. Completou 3300 horas de voo.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Coronel João Vieira Borges


O Coronel tirocinado João Vieira Borges é licenciado em "ciências militares - Artilharia", pela Academia Militar, Mestre em Estratégia pelo ISCSP e Doutorado em “Ciência Política” pela Universidade dos Açores. Tem, entre outros, o curso de Estado-Maior, o curso de Defesa Nacional, o curso “Terrorism and Security Studies” (Marshal Center) e o curso de promoção a oficial general. Serviu na Escola Prática de Artilharia, no Centro de Instrução de Artilharia Antiaérea de Cascais, na Academia Militar, no Estado Maior do Exército, no Instituto de Defesa Nacional, na NATO e no Regimento de Artilharia Antiaérea nº 1, onde foi comandante entre 2006 e 2008. Desempenha atualmente as funções de adjunto do diretor de ensino da Academia Militar, sendo professor no Doutoramento em História, Defesa e Relações Internacionais e conferencista sobre assuntos de História Militar, Estratégia e Segurança e Defesa. É autor de cerca de 90 artigos e 17 obras nas áreas de História, Estratégia e Relações Internacionais. É ainda sócio e vogal efetivo da Revista Militar e da Sociedade de Geografia de Lisboa, membro do Conselho editorial da revista Segurança e Defesa e da Comissão Científica da Comissão Portuguesa de História Militar.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Dr. António Borges Carvalho


António Borges de Carvalho foi Secretário-geral da Atantic Treaty Association até Novembro de 2003. Presentemente é Vice-Presidente da Comissão Portuguesa do Atlântico (desde 1997) e é Deputado à Assembleia Municipal de Lisboa (independente – PSD). Na década de 80, Presidiu à Comissão de Revisão Constitucional (primeira revisão) e à Comissão de Negócios Estrangeiros da Assembleia da Republica. Foi também vice-presidente da Comissão Parlamentar de Defesa, tendo colaborado na redacção da Lei de Defesa Nacional. Foi eleito deputado em 1979 e 1980 (PPM, a cujo GP presidiu), e em 1985 (independente nas listas do CDS). Foi deputado à Assembleia do Atlântico. Fundador da Secção Portuguesa do Movimento Europeu e do Instituto de Estudos Políticos. Como Oficial Miliciano do Exército, serviu em Lisboa e em Angola – Batalhão de Caçadores 717. É presidente do Conselho Fiscal do Centro Nacional de Cultura desde 1985. Publicou três obras de ficção ( Tempo de Sobra Os Parágrafos do Engenheiro Simões Os Cavalos de Tróia ) e uma de comentários políticos ( O Presidente de Nenhum Português ). Co-autor da obra Regionalizar ou não. Estudou direito, fez carreira na gestão empresarial em diversos ramos de indústria, obras públicas, agricultura, e em empresas financeiras e de promoção imobiliária.  

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Tenente-Coronel de Infantaria Francisco Miguel Gouveia Pinto Proença Garcia


O Tenente-coronel de Infantaria Francisco Miguel Gouveia Pinto Proença Garcia é Mestre em Relações Internacionais e Doutor em Ciências Sociais na área da História Contemporânea pela Universidade Portucalense, aprovado com a mais alta classificação, por unanimidade.  Prestou serviço na Escola Prática de Infantaria, nos Regimentos de Infantaria do Porto e de Vila Real, na Escola de Sargentos do Exército e na Academia Militar, onde é presentemente professor. Desempenhou ainda funções de adjunto para as operações do Comando do Sector Central em Timor-Leste (2001). É também docente universitário e membro de várias associações científicas e culturais como a Sociedade Histórica da Independência de Portugal, a Comissão de Relações Internacionais da Sociedade de Geografia de Lisboa e a Revista Militar.
Tem proferido diversas conferências e publicado textos na área dos Estudos Africanos, da História Contemporânea e Defesa Nacional.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Almirante João José de Freitas Ribeiro Pacheco


O Almirante João José de Freitas Ribeiro Pacheco tem as especializações de Comunicações e Fuzileiro Especial e a frequência de vários cursos nacionais, estrangeiros e NATO. Esteve embarcado em diversos tipos de navios, foi comandante da lancha? Canopus? na Índia, do Destacamento nº 7 de Fuzileiros especiais na Guiné, da fragata ?Magalhães Correia?, da Força e do Corpo de Fuzileiros, Comandante Naval dos Açores, Director-Geral do Instituto Hidrográfico, Superintendente dos Serviços de Pessoal e Director do Instituto de Defesa Nacional. Prestou serviço, noutras posições, no Comando Naval do Continente, no Secretariado-geral de Defesa Nacional, no EMGFA, no Instituto Superior Naval de Guerra e foi ainda Capitão dos Portos de Cabo Verde. Concluiu a sua carreira na Marinha como Chefe do Estado-Maior da Armada, entre 1994 e 1997. É presentemente Presidente da Comissão de Relações Internacionais da Sociedade de Geografia de Lisboa.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Almirante Miguel A. Fernández y Fernández


O Almirante Miguel A. Fernández y Fernández, da Marinha de Guerra da Espanha, concluiu o curso da Escola Naval em 1963. Durante os anos em que permaneceu embarcado, entre as várias funções que desempenhou, destacou-se o comando de três unidades navais. Frequentou um curso de pós-graduação em Monterey, Califórnia, sobre Gestão e Telecomunicações em 1977. Foi adido naval junto da embaixada de Espanha em Bona (84/87) e Washington (92/95). Como oficial-general, entre outras funções, chefiou a missão militar espanhola junto do SACLANT (96/98) e o estaleiro e base naval de Ferrol em 1999, na sequência do que assumiu o cargo de 2º comandante do CINCSOUTHLANT. Concluiu a sua carreira militar como representante na Europa do Comandante do Allied Command Transformation (antigo Supreme Allied Command Atlantic).

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Maria Francisca Alves Ramos de Gil Saraiva


Maria Francisca Alves Ramos de Gil Saraiva é licenciada em Relações Internacionais, mestre em Relações Internacionais e doutoranda na área da Estratégia. Docente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, nas áreas de Segurança e Defesa, prestou serviço docente na Universidade Internacional, Pólo de Lisboa, nas mesmas áreas de especialização. Tem proferido regularmente conferências em instituições de ensino militar e tem publicado diversos textos sobre temas geopolíticos e assuntos estratégicos em revistas da especialidade. Presentemente é investigadora no Instituto da Defesa Nacional e membro de diversas associações científicas e culturais como a Comissão de Relações Internacionais da Sociedade de Geografia de Lisboa, direcção do Instituto Português da Conjuntura Estratégica, Centro Português de Geopolítica e Associação de Auditores de Defesa Nacional. Áreas de interesse: desarmamento e controlo de armamentos, Nações Unidas, teoria geopolítica.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Vice-Almirante João M.L. Pires Neves


O Vice-almirante Pires Neves, na situação de Reforma, concluiu o curso de Marinha da Escola Naval em 1966, é especializado em Comunicações e frequentou diversos cursos nacionais, estrangeiros e NATO. Esteve embarcado em várias unidades navais, tendo aí assumido a chefia de diversos serviços técnicos e desempenhado por duas vezes as funções de oficial Imediato. Exerceu os cargos de Comandante do NRP “Alfange” em comissão na Guiné e do NRP “General Pereira D’. Eça”. Em terra foi Professor da Escola de Comunicações e mais tarde integrou o corpo docente do Ex-Instituto Superior Naval de Guerra, onde foi Professor, Diretor de Curso e Subdiretor, já como oficial-general. Desempenhou funções no Estado-Maior da Armada, na Divisão de Organização e Pessoal, chefiou a Repartição de Oficiais da Direcção do Serviço do Pessoal e foi Adido Naval em Londres. Igualmente em terra será de realçar o desempenho dos cargos de Ajudante do Chefe do Estado-Maior da Armada, de Assessor Militar do Primeiro-ministro e de Adjunto Pessoal do Ministro da Defesa Nacional. Como oficial-general foi ainda Superintendente dos Serviços do Pessoal tendo terminado a sua carreira na Marinha, no ativo, como Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada. Presentemente, integra o corpo diretivo do Instituto D. João de Castro, preside ao Instituto Português de Conjuntura Estratégica e é membro da Academia de Marinha, desde maio de 2011.

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Tenente-Coronel José Augusto Vale Faria


 

José Augusto Vale Faria é Tenente-Coronel de Infantaria da GNR e presta serviço no Comando Territorial da GNR, em Braga. É Licenciado em História pela Universidade Aberta e mestre em Relações Internacionais pela Universidade do Minho. Está habilitado com diversos cursos militares de qualificação em Operações Especiais, Combate em Áreas Edificadas, Manutenção de Ordem Pública, entre outros. Prestou serviço no Exército (Centro de Instrução de Operações Especiais), e na GNR, no Regimento de Infantaria e nas Brigadas Territoriais n.º 5 e n.º 4, no desempenho de variadas funções, nomeadamente as de Comandante dos Destacamentos Territoriais em Coimbra, Ovar e Vila Nova de Gaia. Publicou alguns artigos na revista da GNR, “Pela Lei & Pela Grei”, sobre segurança e defesa, e é co-autor do livro "O Islão na Europa face ao Islão Global:Dinâmicas e Desafios".

Colaborador

Colaborador - Jornal de Defesa

Tenente-Coronel Piloto Aviador João Paulo Nunes Vicente


O Tenente-Coronel Piloto Aviador João Paulo Nunes Vicente é docente no Instituto de Estudos Superiores Militares, na Área de Ensino Específico da Força Aérea. Desempenhou funções como piloto instrutor no Euro-NATO Joint Jet Pilot Training, nos EUA e foi Comandante da Esquadra 103 em Beja, onde mantém as suas qualificações de piloto instrutor. Possui mais de 3000 horas de voo em aeronaves a reacção. As suas áreas de investigação centram-se na estratégia e emprego do Poder Aéreo. É licenciado em Ciências Militares e Aeronáuticas pela Academia da Força Aérea, Mestre em Estudos da Paz e da Guerra nas Novas Relações Internacionais pela Universidade Autónoma de Lisboa, Master in Military Operational Art and Science, US Air University e Doutorando em Relações Internacionais na Universidade Nova de Lisboa.